sábado, 28 de junho de 2014

SUPER RÁDIO MARAJOARA, HOMENAGEADA NA ALEPA.

Por Silvinho Santos:
Eu e meu pai Carlos Santos recebemos na última Quinta-Feira dia 26/06, na ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA do ESTADO DO PARÁ uma honraria pelos 60 anos da SUPER MARAJOARA AM 1130, www.supermarajoara.com.br pleito este feito pelo amigo Deputado Estadual Junior Ferrari do PSD 55. na foto estamos recebendo a homenagem das mãos do presidente da ALEPA amigo Deputado Estadual Marcio Miranda (Presidente da ALEPA) e do amigo Deputado Federal Wladimir Costa do Partido Solidariedade 77.
 — com Denny Carnon e Carlos Santos.

NESTA SEGUNDA-FEIRA DIA 30/06, CONVENÇÃO DO PSD.

Por Carlos Santos:
Amigos e Amigas do Estado do Pará. Peço o apoio na convenção do PSD, dia 30 agora, segunda-feira, quando meu filho Silvinho Santos vai pleitear uma vaga pra disputar como Candidato a Deputado Estadual.
Nos dias de hoje a internet e as redes sociais são grandes armas. Então vamos usar isso em favor do Desenvolvimento do nosso Estado!
Convenção Estadual do PSD:
Data: Dia 30 de junho de 2014
Local: Ginásio do SESC na Doca, esquina da Manuel Barata as 14:00 Horas

quarta-feira, 25 de junho de 2014

DILMA: 'QUEM FAZ CAMPANHA NEGATIVA NÃO TEM PROJETO' NO PSD.

247 - Em mais um discurso duro contra seus adversários, a presidente Dilma Rousseff afirmou nesta quarta-feira 25 que só faz campanha negativa quem não tiver projeto político. "Muitos temem a radicalização que pode estar a caminho, mas uma candidatura que tem muito o que mostrar, que tem muitas ideias para discutir, não precisa fazer campanha negativa. Quem precisa fazer campanha negativa é quem não tem projeto, quem não tem propostas para o país e quem não tem o que mostrar", declarou Dilma, durante evento que oficializou o apoio do PSD à sua candidatura.
No mesmo tom que adotou em convenções do PMDB e do PDT, recentemente, Dilma disse que será preciso "serenidade" durante a campanha para não aceitar "provocações". "Esta campanha vai exigir serenidade de nós, para que não aceitemos provocações, que buscam rebaixar o nível do debate e que buscam acirrar o antagonismo, levando o antagonismo ao nível rasteiro de mentiras e más informações", disse a presidente à plateia de dirigentes e militantes do partido de Gilberto Kassab.
Dilma definiu o apoio do PSD como "estratégico" e Kassab como um "homem de palavra". "O Kassab é um homem que, ao mesmo tempo em que defende as suas posições, é sério nos seus compromissos e leal em suas atitudes. É um homem de palavra e é muito importante honrar a palavra empenhada e cumprir compromissos assumidos na política. Cumprir compromissos é absolutamente inegociável na atividade política", disse. A declaração pode ser interpretada como uma provocação ao PTB, que desistiu de apoiar sua candidatura.
Sobre o assunto, ela também deu outras cutucadas, como ao dizer que "lealdade é uma das bases da política feita com grandeza". "Não é subordinação cega. É confiança mútua. É respeito próprio e pelo outro. É zelo rigoroso pela palavra dada e empenhada. Engana-se quem defende a tese que não há compatibilidade entre a lealdade e a política". Dilma criticou os que se aliam por "conveniências", e não por "convicções" e atestou que "esse tipo de esperteza tem vida curta". A aprovação do partido pelo apoio à presidente e aliados foi de 94,73%.

Acordo garante volta das balsas e redução da tarifa.

Por Silvinho Santos:
Terminou neste instante, a reunião entre o Movimento Acorda Marajó, a ARCON, Ministério Público e o Fórum Hidroviário que reúne os órgãos de segurança pública e de navegação do Estado, assim como coorperativas de transporte e a Empresa ENVIL, responsável pelas balsas que transportam cargas, veículos e passageiros para o arquipélago do Marajó. Pelo acordo firmado, ficou decidido a suspensão por 10 dias do aumento da tarifa das passagens para a ilha, o que faz com que o movimento suspenda os atos de protesto e libere o acesso às balsas, ficando para a próxima semana uma reunião entre as partes para consolidar os próximos passos do acordo firmado hoje. http://blogdosilvinhosantos.blogspot.com.br/2014/06/acordo-garante-volta-das-balsas-e.html?m=1

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Silvinho Santos - Comunicação de pai para filho


Desde pequeno Silvinho Santos já acompanhava o pai
 Filho do empresário, apresentador e ex-governador do Estado do Pará Carlos Santos, Silvinho começou desde cedo, com apenas 3 anos de idade, a apresentar interesse pela comunicação. Sempre acompanhava o pai aos programas de rádio e televisão. O que norteou seu futuro. Silvinho morou nos Estados Unidos de 1994 a 1997, onde estudou na Universidade de Miami e cursou Marketing e ainda fez curso de rádio e TV.
Silvinho entrevistando Carlos Santos
Em 1997, já morando no Brasil começou sua carreira de apresentador na Rádio estreando seu primeiro programa “Micareta Dance” com Dinho Menezes que hoje trabalha na Rádio Clube.
Em 1998 o programa “Rebola”, em 99 o “Pagodão Marajoara” e ainda o “Mexe Pará” na 100,9 FM, que durante 12 anos foi o 1º lugar absoluto no ibope, conquistando milhares de ouvintes.
Já na TV, Silvinho Santos iniciou em 98 como o primeiro VJ da MTV Belém Canal 25. Em 2003 apresentou o primeiro formato do Programa Mexe Pará na TV no canal 50. Em 2007 apresentou o Programa Ananindeua na TV. De 2011 a 2012 apresentou o programa Navega no canal 17 na TVM afiliada a Rede CNT. Hoje apresenta o programa Mexe Pará Notícia na TV no Canal 50 afiliada a Rede Brasil, transmitindo em Castanhal-Pa no canal 46 afiliada a Rede Brasil.
Silvinho Santos, hoje com 39 anos de idade e 19 de uma carreira profissional de sucesso é um dos jovens mais populares e premiados do Estado do Pará.


Fonte: Revista Bacana – “Comunicação de pai para filho”

SILVINHO SANTOS NO MEXE PARÁ NOTÍCIAS!!!

Por Silvinho Santos: 

Hoje foi um dia muito especial pra mim no meu Programa MEXE PARÁ NOTÍCIAS da SUPER MARAJOARA AM 1130, onde fiz a entrega de uma cadeira de rodas ao lado do meu pai Carlos Santos, o amigo do povo, para a nossa ouvinte fiel Monika Suely , o estúdio foi tomado por uma grande emoção, Deus abençoe a Monika e sua família hoje e sempre. DEUS É FIEL!!! 
www.supermarajoara.com.br 
Super Rádio Marajoara AM 1130, 60 anos no coração do povo.

domingo, 22 de junho de 2014

Movimento Acorda Marajó, Interdita Porto do Camará/Salvaterra.

Por Dário Pedrosa

O Porto da Foz do Rio Camará em Salvaterra na ilha do Marajó continua sob interdição dos manifestantes do Movimento Acorda Marajó. Eles protestam contra os 18% de aumento concedido pelo Governo do Estado para as passagens das balsas que fazem a linha Icoaraci Camará. Eles se mantem acampados no porto desde a madrugada de sábado utilizando caminhões e outros veiculos para bloquear o portão de acesso as balsas. Segundo o comando do movimento o aumento é considerado abusivo, uma vez que os valores anteriores já eram reclamados como altos demais para realidade da população local. A empresa Henvil Transporte que detém o direito de exploração das balsas que são de propriedade do Governo do Estado não aceita recuar na cobrança do aumento, alegando estar dentro da lei, uma vez que foi autorizado pelo Governador do Estado. Para Márcia Silvana, uma das coordenadoras do Acorda Marajó, a reivindicação e legítima diante da realidade economica que vive a região e o aumento no preço das passagens das balsas, eleva também os valores de frete dos caminhões que abastecem as cidades. O que acaba por elevar muito o custo de vida numa das regioes consideradas mais pobres do País. "Ja pagamos um preço muito caro com todo descaso que as autoridades tem com a nossa região. Agora com esta atitude, o Governador nos deixa em dificuldades, condenando nosso povo a miséria ainda maior" afirma Marcia. O porto esta bloqueado por tempo indetermidado e a balsa que saiu de Camara na tarde deste domingo, teve que desatracar com os passageiros sem pagarem suas passagens em protesto. 
Camará/Salvaterra-Pará.

sábado, 21 de junho de 2014

Carlos Santos: Um exemplo de sucesso e humildade

Por Diógenes Brandão:

Na tarde desta quinta-feira (19), recebi com muita honra a visita de Carlos Santos, em minha casa.

Empresário do setor varejista, com as lojas do grupo Avistão  e proprietário da 3ª maior empresa de comunicação do Estado, com emissoras de rádio e TV, o marajoara que chegou à Belém aos 13 anos para dar continuidade aos seus estudos, foi trabalhar cedo como topógrafo em uma gráfica, passando a ser camelô no ver-o-peso, onde destacou-se como liderança entre seus parceiros, que o queriam ver vereador de Belém. Porém, declinou das indicações de seguir a carreira política para dedicar-se ao faro e o talento para os negócios. 

De lá pra cá, não parou de crescer: Montou uma loja de venda de discos (vinil) com o nome de Discolux e passou a vender móveis e colchões, na consolidada rede de lojas, hoje denominada de AVISTÃO. Com a ajuda do capital deste empreendimento, montou a Gravasom, gravadora que ajudou muitos artistas paraenses a saírem do anonimato e estrelarem no mundo do rádio, dando ênfase aos ritmos paraenses, como o Carimbó, Siriá, Lundum e o Brega. 

Como radialista, passou pelas rádios Clube, Guajará e Liberal e chegou na Rádio Marajoara, em 1981, tornando-se um ano depois, o principal acionário da emissora.

Por saber conquistar e preservar ralações com todos que cruza, destacou-se no segmento artístico, sendo compositor e interprete de várias canções que embalaram gerações, no que podemos chamar de "clássicos do romantismo". Em sua carreira como cantor, teve até a participação do Rei Pelé em um de seus discos, que somaram 3 compactos, 10 Lps e 4 Cds, alcançando a marca de 3,5 milhões de cópias vendidas em todo o Brasil e no Exterior. Com o feito, não poderia ter sido diferente: Ganhou 6 discos de ouro e 5 de platina. 

Sua desenvoltura podia ser vista semanalmente através do "Carlos Santos na TV", onde além de expor seus trabalhos, oportunizava com que diversos outros profissionais em início de carreira e já consolidados no mercado local, também ganhassem visibilidade. Era o início da exibição pioneira de um programa de auditório genuinamente paraense e que potencializou ainda mais o visionário empreendedor.

Em 1988, dá início ao seu 1º programa no SBT de Belém, passando pela BAND, Tv Executiva Canal do Campo, TV Diário de Fortaleza, Rede Estação de Recife, Tv Miramar da Paraíba e o gravou por um bom tempo em São Paulo, veiculando seu programa na BAND/SP. Em 2005, estreia seu programa diário na sua TV Marajoara e nela, além de cobrir o Estado do Pará, o programa "Carlos Santos na Tv" também é transmitido em canal aberto nas cidades de São Luiz, Imperatriz, Macapá e em mais de 120 municípios espalhadas pelas regiões Norte e Nordeste do Brasil.

Com isso, Carlos Santos ficou extremamente ligado à imagem de um dos seus melhores amigos e ídolos, um dos ícones da comunicação brasileira, o dono do SBT. 

Já deu pra saber quem é, né? 

É ele mesmo: Silvio Santos.

Tal como Silvio, Carlos também tem uma trajetória muito parecida com o mega-empresário brasileiro: Começou vendendo produtos nas ruas e tornou-se empresário da comunicação e comandou um programa de TV. Tal similaridade lhe trouxe o apelido de "Silvio Santos Paraense".

Em 1990, já no ápice de sua popularidade, teve seu nome citado em um pesquisa eleitoral com quase 15% do eleitorado paraense e por isso foi convidado e aceitou o convite mais ousado de sua trajetória política: Ser candidato a vice-governador na chapa de Jader Barbalho. 

Na época, Carlos Santos já era concorrente de Jader na área da comunicação, mas isso não o impediu de seguir a coligação de seus partidos e acabaram vencendo as eleições daquele ano. 

Foi vice-governador do Pará de 1991 a 1994, quando tornou-se titular, perante a renúncia de Jader Barbalho para candidatar-se ao Senado Federal. Governa o Estado por nove meses e registra definitivamente seu nome na história do Estado.

Prêmios e homenagens

Em 1984, Carlos Santos foi escolhido o primeiro homem de marketing do Estado do Pará, pela ADVB Secção Pará e no carnaval de 2002 foi homenageado pela Embaixada de Samba do Império Pedreirense, com o tema “Carlos Santos, o amigo do povo, de camelô a governador, a trajetória de um vencedor”. 

Já em 2004, foi escolhido como o melhor apresentador de TV, em programas de variedades, recebendo o 1º troféu do Prêmio Estrela do Pará de Comunicação, além do Mérito Comercial, ofertado pela Associação Comercial do Pará e de ter sido escolhido Lojista do Ano, pelo Clube dos Diretores Lojistas em 1989, tendo ainda recebido a Medalha de Mérito Grão Pará, a mais alta condecoração oficial do Estado em reconhecimento e agradecimento pelos relevantes serviços prestados ao Pará.

Planos para o Futuro

Carlos Santos considera-se um homem realizado em todos os aspectos de sua vida e pode durante esta tarde de uma conversa rápida contar um pouco do que já fez e do que ainda pretende fazer. 

Tendo seus filhos ao seu lado e dando continuidade aos negócios no ramos do comércio e da comunicação, Carlos continua sendo um visionário que agora busca conhecer as novas tecnologias digitais, aprimorando sua rede e ampliando-a para a internet, onde ainda buscar utiliza-la para modernizar-se cada vez mais. 

Sua personalidade íntegra e de fortes princípios e valores, lhe garantem respeito e confiança nos mais variados grupos empresarias, religiosos e partidos políticos de todos os Estados onde já atuou. 

Por sua gentileza e humildade, conquistou mais um amigo e eu me orgulho de hoje poder ser mais um amigo do "amigo do povo".

sexta-feira, 13 de junho de 2014

PARTIDO DOS TRABALHADORES, PRECISA SE REINVENTAR.

Deputado defende que partido volte a se aproximar de movimentos sociais, reveja política de alianças e diz ter ficado chocado com a prisão do irmão José Genoino

Ex-líder do PT na Câmara dos Deputados, José Guimarães (CE) faz críticas aos rumos que o seu partido tomou a partir da eleição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Guimarães questiona a política de alianças do PT e propõe uma reavaliação do quadro depois da eleição deste ano. Ele acusa o PT de ter se afastado dos movimentos sociais e ter se transformado “num partido institucional”. Irmão de José Genoino, Guimarães conta que ficou chocado com a situação do ex-presidente do PT na prisão.