sábado, 13 de maio de 2017

"Reclama com sua sucessora", disse Moro a Lula sobre abertura da Copa de 2014

Ex-presidente se queixou de não ter participado da cerimônia
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se queixou ao juiz federal Sérgio Moro, durante o interrogatório que se arratou por cinco horas Dr. "não foi convidado" para a abertura da Copa do Mundo de 2014 e para as Olimpíadas de 2016.
O petista depôs como réu da Lava Jato na ação penal do caso tríplex — imóvel situado no Guarujá, litoral paulista, que os investigadores atribuem a Lula, o que é negado enfaticamente pela defesa.
Neste trecho de seu longo depoimento, Lula respondia a Moro sobre as obras da refinaria Abreu e Lima, em Recife, empreendimento marcado por suspeitas de irregularidades, superfaturamento, fraudes e desvios. A refinaria da Petrobras foi o primeiro alvo da Operação Lava Jato, que desmontou sólido esquema de cartel e propinas na estatal entre 2004 e 2008.
Durante o interrogatório, Moro questionou o petista sobre Abreu e Lima. Lula disse que não foi à inauguração de um setor da refinaria porque "não foi convidado", no final de 2014, ano da Copa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário